domingo, 15 de abril de 2012

TEMPLO


VISÃO GERAL

O templo é um lugar de adoração. Para os judeus o templo era um lugar para a adoração e para fazer sacrifícios a Deus, a que eles chamavam de Jeová. Em templos pagãos as pessoas adoravam outros deuses e deusas ou ídolos. Algumas das práticas de adoração nesses templos pagãos eram parecidos com os dos judeus, tais como orar, queimar incenso e dar ofertas e sacrifícios. Mas, algumas adorações dos templos pagãos incluíam sacrifício humano e prostituição, que eram considerados pecado pelos judeus.
Quando os judeus estavam viajando para a terra prometida depois de serem libertados do Egito, eles foram instruídos por Deus a construir um templo móvel que se chamava tabernáculo, para que eles tivessem um lugar para adorar quando eles montassem o acampamento. Mais tarde, Salomão construiu um templo mais permanente para adorar a Deus. O povo via o tabernáculo e os templos como o lugar onde o Espírito de Deus morava. O templo foi destruído e reconstruído várias vezes ao longo da história. Quando Jesus veio, ele ensinou que o "templo de Deus" era mais que um prédio. Os nossos corpos são templos de Deus (1Co 6.19,20) porque ele vive dentro de nós através da nossa fé em Jesus Cristo.

O SIGNIFICADO DO TEMPLO NO VELHO TESTAMENTO
O templo em Jerusalém funcionava como o ponto focal da vida hebraica. Apesar de JeroboãoI ter tentado tirar atenção de Jerusalém estabelecendo santuários em Betel e Dã (1 Reis 12:26-30), Jerusalém nunca perdeu o seu significado. Tanto Ezequias como Josias (reis do sul) tentaram estender a sua reforma para dentro da área das tribos do norte (2 Crônicas 30:1-12; 34:6-7), e Jerusalém era um centro de peregrinação para aquelas áreas mesmo depois de sua destruição (Jeremias 41:5). Os profetas previram o seu destino como o ponto focal de adoração universal (Isaías 2:1-4) O templo era o lugar onde Deus morava entre o seu povo. A presença de Deus simbolizava na glória Shekiná e na coluna de nuvem, era associada com a tenda do encontro (Êxodo 33:9-11), com o tabernáculo (40:34-38) e finalmente com o templo (1 Reis 8:10-11). O paradoxo é que apesar de Deus ser irrestrito, o templo era considerado como o lugar onde Deus viveria pra sempre (8:13, 27). Deus escolheu Sião, como ele escolheu Davi (Salmos 68:15-18), então o templo era visto como a casa de Deus (27:4).

O SIGNIFICADO DO TEMPLO NO NOVO TESTAMENTO

CRISTO E O TEMPLO
Cristo mostrou respeito e zêlo pelo templo quando expulsou aqueles que faziam daquele lugar um local de comércio. (Mateus 21:12-13; João 2:13-16). Jesus chorou sobre Jerusalém ao se aproximar dela no episódio da entrada triunfal. Do local de onde ele montou no jumentinho, o Monte das Oliveiras até à porta hoje conhecida como "Portão Dourado"que fica no lado oriental da cidade, Jesus foi aclamado como Rei. Ele foi até o templo onde pregou à multidão como relatam os evangelhos. A visão profética de Ezequiel no capítulo 43, nos revela o quão significativa a Entrada Triunfal foi e o quão importante o templo era para Jesus, a própria Glória de Deus manifesta naquele local. Ele ensinava lá freqüentemente, mas ele se descrevia como sendo "maior que o templo" (Mateus 12:6). Quando ele foi rejeitado como Messias, apesar de seus milagres, ele previu a destruição inevitável do templo (21:9-15; 24:1-2) como de fato foi destruído pelos romanos em 78 D.C. Cumpriu-se a profecia de Daniel 9:25-26.

O TEMPLO NO APOCALIPSE DE JOÃO

Em Apocalipse, não há um templo físico, apesar de ele continuar usando a imagem de Jerusalém e do Monte Sião (Apocalipse 3:12; 14:1; 21:2; 10, 22). Ele oferece três idéias relacionadas. Primeiro o conceito da igreja feita de mártiris, o qual os seus membros fiéis são templos de Deus (3:12, 14:1). Esse templo aumenta gradativamente conforme cresce o número de mártiris (6:11). Outro aspecto é o templo como o lugar de julgamento (11:19; 14:15; 15:5-16:1). Finalmente, qualquer templo na era moderna é desnecessário, "Nela não vi santuário, porque o seu santuário é o Senhor Deus Todo-Poderoso, e o Cordeiro" (21:22). O estado final será Deus morando com o seu povo - o templo eterno e espiritual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário