quinta-feira, 19 de abril de 2012

REBELIÃO



LEITURA BíBLICA: Deuteronômio 31:1-29
VERSíCULO CHAVE: Porque conheço a vossa rebeldia e a vossa dura cerviz; eis que, vivendo eu ainda hoje convosco, rebeldes fostes contra o Senhor; e quanto mais depois da minha morte! (Deuteronômio 31:27)

A REBELIÃO É UMA PARTE BÁSICA DE NOSSA NATUREZA
Moisés sabia que apesar do povo israelita ter visto Deus trabalhando eles tinham rebeldia no coração. Eles mereciam o castigo de Deus apesar de, na maioria das vezes, receber sua misericórdia. Nós também somos teimosos e rebeldes por natureza. Nós lutamos com o pecado no decorrer de nossas vidas. Arrependimento uma vez por mês ou mesmo uma vez por semana não é o suficiente. Constantemente temos que largar o pecado e nos virar para Deus para que ele, na sua misericórdia, nos salve.
LEITURA BíBLICA: Josué 24:1-33
VERSíCULO CHAVE: Mas, se vos parece mal o servirdes ao Senhor, escolhei hoje a quem haveis de servir; se aos deuses a quem serviram vossos pais, que estavam além do Rio, ou aos deuses dos amorreus, em cuja terra habitais. Porém eu e a minha casa serviremos ao Senhor. (Josué 24:15)

A REBELIÃO É UMA ESCOLHA
O povo tinha que decidir se eles iam obedecer ao Senhor, que já havia se mostrado digno de confiança, ou se eles iam obedecer aos deuses locais, que eram apenas ídolos humanos. È muito fácil entrar numa rebelião silenciosa - seguir pela vida do seu modo. Mas chega um tempo em que você precisa escolher quem ou o que vai te controlar. Essa escolha é sua. Será Deus, sua própria personalidade limitada ou outro substituto imperfeito? Uma vez que você escolheu ser controlado pelo Espírito de Deus, reafirme essa escolha todos os dias.

LEITURA BíBLICA: Judas 1:1-25
VERSíCULO CHAVE: Ora, quero lembrar-vos, se bem que já de uma vez para sempre soubestes tudo isto, que, havendo o Senhor salvo um povo, tirando-o da terra do Egito, destruiu depois os que não creram (Judas 1:5)

A REBELIÃO LEVA AO JULGAMENTO
Judas deu três exemplos de rebelião:
(1) os filhos de Israel - que, apesar de terem sido libertados do Egito, se recusaram a confiar em Deus e entrar na Terra Prometida (Números 14:26-39);
(2) os anjos - apesar de um dia eles terem sido puros, santos e viverem na presença de Deus, alguns deles abriram mão disso para se juntarem a Satanás e se rebelarem contra Deus (2 Pedro 2:4); e
(3) as cidades de Sodoma e Gomorra - os habitantes de lá eram tão cheios de pecados que Deus os eliminou da face da terra (Gênesis 19:1-29).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário